Aula 34-Intuição e Tipos incomuns de Mediunidade

13/09/2013 - 11:34h | | Aulas 2013, CEM

Intuição e Tipos incomuns de Mediunidade.

Os fenômenos mediúnicos (de médium, meio) decorrem da ação dos Espíritos sobre um instrumento humano, o médium. A intuição manifestada por via mediúnica é muito sutil. Surgem na mente idéias sobre um assunto ou acontecimento, cuja origem, a rigor, é desconhecida pelo medianeiro. Kardec enfatiza que nas mensagens mediúnicas, intuitivamente recebidas, a transmissão do pensamento do Espírito comunicante se dá por meio da alma do medianeiro, não atuando no caso da psicografia, por exemplo, na mão do médium. «[...] Nessa situação, o médium tem consciência do que escreve, embora não exprima o seu próprio pensamento.[...]»(O livro dos médiuns, item 159)

APOSTILA EPM – Prog 2, Mod 3 – Rot 6 a 8.

AULA: Intui e Tip incom mediun

Roteiro 6: Intuição
Roteiro 7: Tipos incomuns da mediunidade (1)
Roteiro 8: Tipos incomuns da mediunidade (2)

REFERENCIAS APOSTILA:

1. KARDEC, Allan. O livro dos espíritos. Tradução de Guillon Ribeiro. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2006. Q. 218-a, p. 164.
2. ______. Questão 393, p. 243.
3. ______. Questão 415, p. 228.
4. ______. O livro dos médiuns. Tradução de Guillon Ribeiro. 79. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2007.Cap. 14, item 159, p. 211.
5. ______. p. 231.
6. ______. Cap. 16, item 190, p. 242.
7. ______. Item 191, p. 243.
8. ______. Cap. 19, item 223, perguntas 5 a 9, p. 280-281.
9. ENCICLOPÉDIA MIRADOR INTERNACIONAL. São Paulo: Melhoramentos, 1995, vol. 12, p. 6181.
10. MOURA, Marta Antunes. Reformador. Rio de Janeiro: FEB, abril de 2006. Ano 124. N.º 2.125, p. 32-34.
11. XAVIER, Francisco Cândido. O consolador. Pelo Espírito Emmanuel. 26. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2006. Questão 122, p. 79.
12. ______. Fonte viva. Pelo Espírito Emmanuel. 34. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2006. Cap. 92 (Demonstrações do céu), p. 237-238.
13. ______. Pensamento e vida. Pelo Espírito Emmanuel. 17. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2006. Cap. 8 (Associação), p. 39-41.
14. ______. p. 42-43.
15. XAVIER, Francisco Cândido e VIEIRA, Waldo. Evolução em dois mundos. Pelo Espírito André Luiz. 23.ed. Rio de Janeiro: 2005. Primeira parte, cap. 17 (Mediunidade e corpo espiritual), item: Mediunidade inicial, p. 165.
16. ______. p. 166.
17. ______. Mecanismos da mediunidade. Pelo Espírito André Luiz. 26. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2006. Cap. 4 (Matéria mental ), item: Corpúsculos mentais, p. 49.
18. ______. p. 50.
19. ______. p. 51.
20. ______. p. 52.

**

1. KARDEC, Allan. A gênese. Tradução de Guillon Ribeiro. 49. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2006. Cap. 14, item 14, p. 322.
2. ______. Item 31, p. 336.
3. ______. Item 35, p. 338.
4. ______. O Livro dos Médiuns. Tradução de Guillon Ribeiro. 79. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2007. Segunda parte, cap. 4, item. 77, p. 103.
5. ______. Cap. 14, item175, p. 217.
6. ______. Cap. 32, item: Agênere, p. 512.
7. NÁUFEL, José. Do abc ao infi nito. Espiritismo experimental. 13. Vol. 2. 2. ed. (Primeira edição FEB), 1999. Cap. 16 (Levitação), p. 146.
8. XAVIER, Francisco Cândido e VIEIRA Waldo. Mecanismos da mediunidade. Pelo Espírito André Luiz. 24. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2004. Cap. 19 (Ideoplastia), item: No sono provocado, p. 151.
9. ______. Item: Em outros fenômenos, p. 155.
10. XAVIER, Francisco Cândido. Nos domínios da mediunidade. Pelo Espírito André Luiz. 32. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2005. Cap. 28 (Efeitos físicos), p. 298.
11. ______. Seara dos médiuns. Pelo Espírito Emmanuel. 18. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2006. Item: Faculdades mediúnicas, p. 146.
12. ______. Vinha de luz. Pelo Espírito Emmanuel. 24. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2006. Cap. 5 (Com amor), p. 27.

**

1. KARDEC, Allan. O livro dos médiuns. Tradução de Guillon Ribeiro. 79. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2007, segunda parte. Cap. 16, item 190, p.242.
2.______. p.243.
3.______. Item 193, p.246.
4.______. p.247.
5.______. Item 191, p.244.
6.______. Cap. 19, item 224, p.286.
7. Obras póstumas. Tradução de Guillon Ribeiro. 39. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2006. Primeira parte, item: Teoria da beleza, p.186-187.
8. BOZZANO, Ernesto. Xenoglossia. 5. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2005. Introdução, p.7.
9. DICIONÁRIO MÉDICO ENCICLOPÉDICO TABER. Coordenado por Clayton L. Th omas. Tradução de Fernando Gomes Nascimento. 17. ed. São Paulo: 2000, p.817.
10. NÁUFEL, José. Do abc ao infi nito.Espiritismo experimental.Volume 2. 2. ed. Rio de Janeiro: FEB, 1999. Cap. 18 (Psicometria), item: O que é psicometria, p.167.
11. PERALVA, Martins. Estudando a mediunidade. 25. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2006. Cap. 39 (Psicometria), 199.
12. XAVIER, Francisco Cândido e VIEIRA, Waldo. Mecanismos da mediunidade. Pelo Espírito André Luiz. 26. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2006. Cap. 20 (Psicometria), item: Mecanismos da psicometria, p.157.
13. XAVIER, Francisco Cândido. Nos domínios da mediunidade. Pelo Espírito André Luiz. 32. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2005. Cap. 26 (Psicometria), p.277-278.
14. ______. O consolador. Pelo Espírito Emmanuel. 27. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2006, questão 165, p.102-103.
15. ______. Vinha de luz. Pelo Espírito Emmanuel. 24. ed. Rio de Janeiro: FEB, 2006. Cap. 145 (Demonstrações), p.325-326.

 
Rua Itambé, 575 - Ipsep - Recife - PE
(81)33394917
neas@neas.org.br